Recomendo a leitura desse texto! Adorei. 🙂

Megan e as estrelas

Eu prefiro o silêncio, a infinidade de letras que cabem em um simples olhar, o significado enorme que um gesto sincero pode nos trazer. Prefiro o aconchego de um abraço, o calor da pele que faz com que eu me sinta única, o cheiro das rosas de um jardim florido em uma manhã de sol. Prefiro eu e você no sofá da sala acompanhados de uma porção de pipoca e chá gelado, o seu hálito fresco como brisa, e a cor dos teus olhos cor de mel à centímetros dos meus. Poderia facilmente ter meus lábios costurados e usar toda essa preferência pela inutilização das palavras à meu favor, mas mesmo com toda a falta de jeito em dizer o que por vezes fica entalado na garganta, me sinto na obrigação de fazer com que saiba, ou tenha a certeza, do que meus olhos dizem. Espero que não se incomode…

Ver o post original 443 mais palavras

Você já leu hoje?

Você já leu hoje? Sim? Não? Independente de sua resposta, quero que pare e pense comigo.

Ler

Ler é uma das melhores coisas que existem na Vida, na minha opinião. Como é bom abrir um livro, viajar na sua história, e, depois de tudo, ainda acrescentar conhecimento na nossa Vida. Quem não gosta de ler? Seja um gibi, manga, jornal, blog, romances e outros tipos literários. Ler é aventura, é sair de um mundo e ingressar em um outro, onde nossa personalidade perde-se para encontrar um complemento que é conteúdo do livro.

Livros

Eu, sinceramente, sou apaixonada por romances. Leio-os quando estou apaixonada, feliz, triste e principalmente quando estou depressiva. Mas não quer dizer que eu não leia uma notícia de jornal, texto de blogs, ou até mesmo gibis. Depois de pensar em tudo isso, cá entre nós, existe um amigo mais amigo que o livro? Ele não lhe entende, nem enxuga suas lágrimas, mas através de palavras sábias, de conteúdo, lhe completa, lhe explica o mundo e lhe faz sentir sensações que nunca antes sentisse.

Eu gostaria de incentivar a todos que não tem o hábito de ler a ler mais. Leiam, se percam, se encontrem, se amem. Indiquem um livro a um amigo, leiam um livro de seu interesse (que já tenha sido lido em Português) em outra língua. Essa dinâmica maravilhosa que é ler nos acrescenta conhecimento – eu já disse isso – e cultura. Quer mais?

Livros!!Não, você não precisa ler tudo de uma vez só como os Clássicos da Literatura Brasileira. Mas pode, sim, começar exercitando a leitura através de um texto simples, gostoso de ler e que tenha um assunto que lhe convenha. E, ah! Eu me apego aos livros quando falo em leitura, mas existem outros tipos de leitura que você pode fazer. Então, vamos começar a ler? Quantos livros você consegue ler em uma semana? Pratique a leitura e viaje!

Boa segunda-feira.
Thamires.

Existe idade certa para se casar?

Alguns dias atrás, eu pude “presenciar” algo que me deixou um tanto chocada: um amigo virtual meu dizendo que casou aos 21 anos com uma menina de 15. Bem, isso é realmente assustador – na minha humilde opinião – e pode até parecer algum tipo de pedofilia, mas não é. Em algumas regiões do país, como no Nordeste, é bem normal casar nessa idade.

Casamento

Existem vários motivos para se casar, mas como não pesquiso muito sobre esse fenômeno que é o casamento e ainda não sou casada, não posso dissertar sobre fatos comprovados. O que eu percebi é que envolve muito a questão cultural: Para alguns, o matrimônio é a forma de estar junto “até que a morte os separe” de quem se ama, de ter uma vida de luxo, ou apenas se unir por comodidade. Para outros, já é mais que isso: é sobreviver, como nos casos das pessoas muito pobres, que só vêem solução no casamento, mas isso não quer dizer que o mesmo não foi resultado do amor dos pombinhos também.

Compromisso

Uma das coisas que me preocupa é o casamento irresponsável. Eu percebo que atualmente a humanidade está muito despreocupada com a Vida, certamente porque já está com o “futuro garantido”. Parece que pensamos menos e agimos mais, de tal forma que somos convencidos (por nós mesmos) a agir impulsivamente. Eu não vejo nada demais em ter um casamento, mas, em minha opinião, casar-se é algo a mais em um relacionamento, que exige muitas, muitas, muitas responsabilidades. Algumas pessoas pensam diferente ou simplesmente ignoram tais fatos e os votos no altar passam vagamente em seus pensamentos. Esse ato despreocupado de casar-se, esquecer-se dos votos ou não casar por amor é causador de lares infelizes, mulheres e homens traídos sem saber o porquê e um terceiro membro na nova “família” que chega de forma precoce: um filho.

Às vezes, eu me pergunto: Qual a necessidade de casar-se tão cedo? Será que as pessoas estão só “garantindo o seu”? Eu me pergunto o que a menina de 15 anos deixou de fazer porque é casada hoje, como terá sido sua “juventude”? E eu realmente não consigo chegar a uma resposta objetiva. Todos nós somos livres para fazer escolhas, mas, por favor!, conscientes e bem pensadas!! Eu pretendo me casar quando me sentir pronta, amar alguém de verdade e enxergar um futuro seguro com esse alguém – independente da minha idade. Sei que parece clichê demais, mas não há necessidade de adiantar algo que mais tarde poderá só trazer sofrimento, porque alguma das partes do casamento não curtiu o suficiente.

Casamento

Então, se for se casar, tenha consciência, ame, estude, conheça a pessoa. Tenha um casamento inteligente e feliz, fora isso, não há idade certa para casar, basta sentir-se pronta (o) de forma consciente, sim?