Vida

Refletindo sobre, percebi que existe muita, mas muita coisa para aprendermos com ela. Eu me sinto ainda um bebê, que engatinha nos degraus da Vida e anseia por conhecimento. Sim, muitas vezes eu sou impulsiva, ajo sem pensar ou refletir – afinal – estou aprendendo a lidar com a Vida ainda. Meus sentimentos, muitas vezes confusos e outras tão intensos, às vezes eu não consigo explicar. Talvez eu precise de um pouco mais de maturidade, talvez um pouco mais de infantilidade. Vamos crescendo e aprendendo alguns valores da sociedade: orgulho, dinheiro e status, principalmente status que conta muito nos dias de hoje.

Se algo aprendi com a Vida foi que, infelizmente, a dor é a melhor forma de aprendermos algo. Chega a  ser óbvio que, quem acerta hoje, quer mais e mais amanhã, esquecendo o quão importante é ser humilde. Eu não culpo a Vida. “Cada um tem o que merece.” É a famosa lei da Newton: Para toda ação, há uma reação, com a mesma intensidade e direção só que com sentido diferente. Eu concordo. Sábio Newton.

Creio que tudo que acontece na nossa Vida, uma hora saberemos o porquê de ter acontecido. Não podemos fazer algo que simplesmente não temos capacidade de fazer. Nossas atitudes, nossos anseios, nossos medos e nossos pensamentos, um dia refletirão tudo o que fizemos na Vida, se a vivemos ou fingimos vivê-la. Embora confusa do que é certo fazer para encontrar meu caminho, estou na trilha, buscando estradas antes ignoradas pela minha pouca sensibilidade. Eu sei que é estranho, sei que antes eu não pensava assim, mas eu simplesmente mudei. Querer mudar para melhor e se transformar, com certeza, é a melhor coisa que o ser humano pode querer.

Hoje estou particularmente feliz por um acontecido, e não sei, não sei mesmo qual é o futuro. Eu sei que alguns me acham louca e impulsiva, mas é necessário, as vezes, ir contra algumas coisas para encontrarmos o verdadeiro sentido da coisa. Tô feliz! Arrumei um tempo para escrever aqui, embora deveria estar estudando, trabalhando, dormindo. As vezes abrimos mãos de várias coisas por uma que, aparentemente, não vale nada e que não te renderá nada no futuro. Mas quem sabe no futuro não se arrependa pelo que não fez?

Reflitamos!
Thamires Coelho.

Anúncios

Escreva aqui seu comentário, sugestão ou crítica que pode me ajudar a melhorar o conteúdo do post.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s